domingo, 20 de janeiro de 2019

José Rodrigues Miguéis, UMA FLOR NA CAMPA DE RAUL PROENÇA (1979)

«Na curta viagem do comboio suburbano, escutando a nossa conversa, a menina, que não teria dez anos e veio a morrer de tuberculose tempos depois, fitava-me sem falar, com uma expressão de angústia infantil nos grandes olhos claros, ao mesmo tempo que em vão puxava para baixo, nos joelhos friorentos, a barra do vestidinho demasiado curto.»

Sem comentários:

Publicar um comentário