domingo, 13 de janeiro de 2019

confrontações com Azorín, CASTELA (1912)

 «A criação da corrente perdurável -- e inexorável -- das coisas, crê o autor tê-la experimentado ao escrever algumas destas páginas.» (tradução minha)

Sem comentários:

Publicar um comentário